Perda Auditiva Induzida Por Ruído – PAIR

perda auditiva y processo envelhecimento
Você sabia que a perda auditiva está associada ao processo de envelhecimento?
January 22, 2018
Apraxia de Fala na Infância
September 8, 2018

Perda Auditiva Induzida Por Ruído – PAIR

A PAIR, também conhecida como Perda Auditiva Induzida por Ruído é causada pela exposição prolongada a altos níveis de ruído e é o dano mais frequente à saúde dos trabalhadores que estão expostos ao ruído em diversos ramos de atividade, principalmente siderurgia, metalurgia, gráfica, têxteis, papel e papelão, vidraria, entre outros. O excesso de ruído, também, pode ser encontrado em shows, ao exagerar no volume ao usar fones de ouvido, na alta intensidade de ruído produzida por um disparo de uma arma de fogo, buzinas e fogos de artifício.
Como ruído, entendemos um som indesejável. O agente físico nocivo mais comum encontrado em ambiente de trabalho que pode afetar o ser humano nos planos físico, psicológico e social. Existem outros agentes causais de diversas naturezas que ao interagir com o ruído podem potencializar seus efeitos sobre a audição. São eles: a idade, o traumatismo craniano, a exposição fora do ambiente ocupacional ao ruído, o tabagismo, as doenças sistêmicas, a história familiar de déficit auditivo e a exposição a agentes químicos ocupacionais.
As consequências da exposição ao ruído podem afetar o indivíduo de duas formas: trazendo prejuízos à audição e prejuízos à sua qualidade de vida. No que se refere ao prejuízo à audição, o ruído pode causar: o trauma acústico e a exposição de forma súbita e intensa pode lesar temporária ou definitivamente a audição. Na alteração temporária da audição, percebemos uma diminuição auditiva reversível. A PAIR é uma doença crônica caracterizada por uma perda auditiva neurossensorial, geralmente bilateral e irreversível. O trabalhador exposto ao ruído pode apresentar Tinnitus comumente chamado de Zumbido que é caracterizado por um barulho constante percebido pela no ouvido ou na cabeça, perda auditiva, dificuldade para compreender a fala, assim como alterações neurológicas, vestibulares, digestivas, comportamentais, cardiovasculares e hormonais. Estudos demonstram que o risco de sofrer um acidente de trabalho é duas vezes maior entre os trabalhadores expostos ao ruído.

Como acontece a PAIR?

A pessoa exposta ao ruído excessivo, apresenta lesão das células ciliadas do ouvido interno. Isso ocorre devido a redução da capacidade da célula de captar e transmitir sons para o cérebro. A PAIR é, portanto, um tipo de perda auditiva neurossensorial que é resultante de danos causados por células nervosas em forma de cílios, localizadas na cóclea, órgão em forma de caracol, localizado no ouvido interno.

Quais as causas da PAIR?

Como dito anteriormente, a PAIR é causada por excesso de ruído durante um longo período de tempo, por exemplo, no ambiente de trabalho, ao participar de shows e ao ouvir música através dos fones de ouvido. Pode ser causada, também, através da alta intensidade de ruído como o disparo de uma arma de fogo, buzinas e fogos de artifício.

Como podemos prevenir a PAIR?                                                                                                                               

Nós podemos prevenir a PAIR, ouvindo música nos fones de ouvido numa intensidade menor, reduzindo o tempo de exposição ao ruído nos shows e usando EPIs (Equipamento de Proteção Individual) no ambiente de trabalho.

Existe cura para a PAIR?

Muitos perguntam se a PAIR pode ser revertida ou se existe cura para essa enfermidade. Infelizmente não, uma vez que as células ciliadas do ouvido interno, são lesadas, elas não podem ser restauradas. Porém, podemos minimizar os prejuízos causados pela exposição ao ruído, usando aparelhos auditivos.
Qual o nível de decibéis considerado alto?
Acima de 85 decibéis (dB) pode resultar em prejuízos à audição, como também em perda auditiva temporária e permanente. As britadeiras têm nível de som de 100 dB e os shows de rock têm aproximadamente 110 a 120 dB. Esse som intenso pode facilmente ser produzido em fones de ouvido.
Podemos concluir que vivemos cercados de ruído em quase todos os momentos da nossa vida. No trabalho, na rua, na escola, nos shows e até mesmo nos nossos próprios fones de ouvido. Sabemos que nossos ouvidos são delicados e têm estruturas complexas que podem ser danificadas facilmente. Portanto, atenção ao nível de ruído ao qual estamos expostos é fundamental. O uso regular e adequado dos EPIs, mostra-se imprescindível para minimizar os riscos causados à nossa audição.

Artigos pesquisados:

Ocorrência de Perda Auditiva Induzida pelo Ruído em Carpinteiros / Occurrence of noise induced hearing loss in Carpenters
Victor Hygor Veríssimo Farias (¹), Ana Karina Lima Buriti (²), Marine Raquel Diniz da Rosa (³)

Associação entre perda auditiva induzida pelo ruído e zumbidos / Association between noise-induced hearing loss and tinnitus
Adriano Dias 1,2 Ricardo Cordeiro 3 José Eduardo Corrente 4 Cláudia Giglio de Oliveira Gonçalves 5